China está instalando spywares em smartphones de turistas.

Uma investigação feita por vários veículos de mídia em parceria resultou na descoberta de um assustador sistema de vigilância empregado pelo governo chinês contra muçulmanos que visitam o país. De acordo com a reportagem publicada pela VICE, The Guardian e outros jornais, agentes posicionados nas fronteiras da região de Xinjiang estão instalando um malware espião nos celulares dos turistas. O vírus é inserido de forma manual — todos os estrangeiros precisam disponibilizar seus smartphones às autoridades

Tal software, batizado de BXAQ ou Fēng cǎi, é compatível apenas com o sistema Android e é capaz de extrair dados como agenda de contatos, mensagens de texto, histórico de chamadas telefônicas e aplicativos instalados. Tudo isso é enviado para um servidor remoto, de forma que esse conjunto de informações possa ser usado posteriormente para rastrear a atividade do indivíduo em território chinês e identificar eventuais “ameaças” ao ambiente chinês.

O spyware teria ainda um módulo para escanear a memória do dispositivo em busca de um catálogo de pelo menos 70 mil arquivos diferentes relacionados em uma espécie de “lista negra”, o que inclui conteúdo islâmico extremista, livros acadêmicos, trechos do Corão e até mesmo músicas de uma banda japonesa. O BXAQ pode ser facilmente desinstalado como um aplicativo comum após o seu uso, visto que ele cria um ícone tradicional na tela do aparelho — indicando que as autoridades não estão preocupadas em esconder sua “arma”.

Os jornais envolvidos na investigação procuraram o governo chinês para obter um pronunciamento a respeito do caso, mas não obtiveram resposta. A Ninjing FiberHome StarrySky Communication Development Company Ltd., empresa estatal que é creditada como a responsável por desenvolver o spyware, também não quis comentar sobre a denúncia. Caso tenha interesse em estudar seu código-fonte, uma cópia do APK do BXAQ pode ser encontrada neste repositório do GitHub.

Fonte: VICEThe Guardian

Thiago Souza

Sou bacharel em Sistemas de Informação pela Faculdade Cenecista de Sete Lagoas, atualmente estudando para certificações Linux LPI Nível 1, CompTIA Linux+ e Novell Linux Administrator, Tenho interesse por todas as áreas da informática, mas em especial em Gestão, Segurança da Informação, Ethical Hacking e Perícia Forense. Sempre disposto a receber sugestões de assuntos para criar uma postagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.